Igreja – O Agente de Deus na evangelização do mundo

A Igreja é o agente do Reino, Deus usa a Igreja como o instrumento para a propagação do Seu Reino em todas as esferas do mundo por meio do anúncio da sua vontade por palavras e obras realizadas da Igreja. Através dela ele se expande e torna eficaz a sua influência no mundo. É através da Igreja que o Reino se expressa visivelmente. Isto não significa que o Reino de Deus não atue fora da Igreja, mas que a atuação do Reino é inseparável da confissão de Jesus Cristo como Senhor. Embora o Reino seja mais que a Igreja, esta é a única entidade divina - humana autorizada e capacitada a anunciar as Boas Novas, ser o Corpo de Cristo e promover os valores e poderes do Reino.
O propósito da Igreja não se esgota no seu próprio crescimento. Toda a sua vida e razão de ser é uma missão cujo objetivo se cumpre à medida que ela contribui para a realização do propósito de Deus que é colocar todas as coisas sobre a autoridade de Jesus Cristo. Este propósito esta diretamente relacionado com o fim de todas as coisas, de maneira que a Igreja deve testemunhar do Reino de Deus por todo o mundo, até o fim do mundo, em todo o tempo até o fim dos tempos (Mateus 24.14).

“A Igreja não é instituição humana, mas é obra divina”.

Nos evangelhos a palavra IGREJA aparece apenas em Mateus 16.18; 18.17. Em Atos ocorre uso deste termo 23 vezes e em todo o Novo Testamento mais de 100 vezes.
Uma vez que, ao cumprir sua missão redentora e apostólica, Cristo concretizou os propósitos eternos e salvíficos de Deus (João 6.38-40), ao exercer sua missão apostólica neste mundo, a igreja tem uma significativa tarefa a cumprir e, por isso, está enquadrada nos planos de Deus. Desta forma, a missão da Igreja tem que se caracterizar por uma proclamação clara da missão redentora de Cristo.
A Igreja precisa ver-se como uma extensão e uma continuação da própria missão realizada por Cristo, não em termos redentores, mas como instrumento para levar a salvação de Cristo por todo o mundo. Sendo assim, a Igreja representa o seu enviador, estando sob a autoridade do mesmo.
A missão da Igreja deve ser realizada a luz da missão de Cristo, ou seja, há um modelo claramente estabelecido em (João 17.18 e João 20.21). Somos enviados por Cristo segundo o mesmo padrão que o Pai usou ao enviá-lo. Cristo é o modelo para a nossa missão em cada aspecto de sua consciência apostólico – missionária mencionada acima.
“A Igreja é o agente de Deus no plano cósmico”.

A Igreja é formada por homens retirados do meio de homens, todas as pessoas são raça de Deus, ou seja, são criaturas de Deus. Nesse sentido Deus é Criador, assim todas as pessoas são filhos de Deus quanto a Criação, porém com respeito à Redenção, filhos de Deus são exclusivamente aqueles que crêem no Filho de Deus.I Pedro 2.9 nos ensina que somos Sacerdócio real. O sacerdote não age em prol de si mesmo, mas em benefício dos outros. Como sacerdotes, estamos incumbidos da misericórdia e da compaixão ao invés do juízo e julgamento. Como sacerdotes, devemos sofrer com os que estão sofrendo. Como propriedade exclusiva de Deus, devemos ser cumpridores da missão qual Ele nos preparou para que a cumprisse.


Postar um comentário