O descendente da mulher...














“E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”. (Gênesis 3.15)

“Banido do habitat bendito, o homem teve que enfrentar as conseqüências da maldição armado apenas com a promessa de alívio eventual, mediante a semente da mulher que lhe suavizaria a sorte”.

Separados de Deus por conseqüência do pecado, o homem se viu perdido e desorientado, ao menos restou à promessa, (dada pelo próprio Deus à mulher), de que o descendente da mulher seria o mediador do relacionamento entre Deus e a humanidade.

A promessa de alívio eventual, ou seja, que haveria de se cumprir, era superior às conseqüências que o homem passou a vivenciar devido ao pecado.

O trabalho antes prazeroso e dignificante se tornou obrigatório, destemperado e fatigante.

Contudo, o homem podia crer e descansar na promessa divina que é imutável, a qual no seu determinado tempo iria se cumprir, pois através da missão de mãe da mulher vem a salvação da humanidade, I Timóteo 2.15a “Todavia, será preservada através da sua missão de mãe...”.

Através do nascimento de Jesus Cristo vem à salvação da humanidade, vem à restauração da alma, assim podemos desfrutar de uma íntima relação de comunhão com Deus nosso eterno Pai.

Por intermédio do descendente (Jesus Cristo) da mulher viria à reconciliação do homem com Deus e a derrota final da serpente (satanás), uma vez que na Cruz do calvário o Senhor Jesus Cristo feriu a cabeça de satanás, selando a sua vitória redentora.Mesmo com a queda do homem, a sua separação da santa presença de Deus, o homem voltando as suas costas para o Senhor, e ainda com todas as conseqüências do pecado, ele sempre esteve aos cuidados de Deus.

Assim nenhum sofrimento humano herdado do pecado é tão grandioso como a promessa de Deus que se cumpriu em nós por meio do descendente da mulher, a saber, nosso Senhor Jesus Cristo, rendemos, pois, graças a Ele todos os dias.

João Vicente Ferreira Neto
Postar um comentário