Sua Glória se Mostra...

Brooke Fraser - His Glory Appears



Sua Glória se Mostra...

A noite esta tomada de uma brisa suave...

Um vento gélido agradabilíssimo invade o porão da minha alma...

A casa do meu ser é tomada por um vento brando...

As dimensões existências do "meu" eu se encontram profundamente compreendidas pelo Eterno...

Tenho na cruz uma memória de pesar, e outra de gratidão...

Ó Eterno amado, amado de "minha" alma, amado do "meu" ser...

ser este que a Ti pertence por inteiro... esta cruz me faz lembrar Teu sofrimento, Tua paixão,

Talvez este fosse o meu pesar; Fosse! Pois já não o é mais...

A cruz de Tua "morte" e do meu pesar não foi capaz de Te segurar...

Em Ti a "minha" cruz foi crucificada... A maldição que estava sobre mim se fez maldição em Ti...

Não na cruz foram crucificados os meus pecados, mas em Ti Deus amado foram cravados todas as minhas debilidades...

Tu que me fazes experimentar todos os dias a Tua maravilhosa graça...

Tu Cristo da Paixão vens me visitar diariamente para me lembrar que jamais desistisses de mim...

E isso... Ó Brisa Suava, Vento que sopras aonde quiseres... Isso...

Nada tem haver comigo, e sim contigo...

Sou como aquele cego que um dia curaste, não o sendo porque meu ancestral pecará ou então eu, mas...

Tão somente para que entendêssemos...

Sua Glória se Mostra...

3 comentários