O Tempo de “Macaco na Roda” Passou


O Tempo de “Macaco na Roda” Passou

Crisóstomo,

A negada burra da ortodoxia ainda não se deu conta de que o cristianismo institucionalizado FALIUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU. E aí, o que os jovens têm a ver com isso? A "igreja" se tornou um lugar para aqueles que ainda acham que ser discípulo de Jesus é ter o nome inscrito no rol de membros, ir ao culto dominical sem falta, participar da EBD, e pagar o dízimo mensalmente ou fazer de conta que é fiel no dízimo. Ah, se soubessem que Jesus não era dizimista! O Mestre de Nazaré era integralista. Com Ele é tudo ou nada!

Se lhes tivessem ensinado a serem apenas discípulos de Jesus e não membros de uma instituição eclesiástica e a abraçarem a chatice legalista das confissões, que tornaram a experiência espiritual penosa, quem sabe hoje nós teríamos jovens discípulos comprometidos com Jesus e não com um rol de membros, cuja espiritualidade é medida pelos seus dízimos, freqüência na EBD, a sua adesão intelectual às tradições confessionais e todos os demais penduricalhos religiosos.

O Evangelho é leve, mas o que nos ensinaram é para neuróticos e esquizofrênicos, que, antes não eram assim, mas que, depois, adoeceram, porque o ambiente é adoecido. Eu sei o que é isso! Por pouco não fico doido de tantas cobranças à perfeição dentro e fora da "igreja". A "igreja" foi o lugar onde eu mais tive dificuldade de ensinar e viver a GRAÇA. No entanto, encontrei sim gente muita boa que conhece a GRAÇA e vive pela GRAÇA.

É esposa que quer que a gente seja perfeito, a instituição quer que a gente seja perfeito. Cansei de ser totem, ícone, mistificação e outras loucuras. Sou discípulo de Jesus e pronto. Que droga! Não basta? Sou apenas um homem.

Vai aí uma música de Raul Seixas, cantada por Caetano Veloso, que diz o que eu sinto em meio a essa doidice confessional, fragmentada e morta, que quase me deixa pirado. Prefiro ser um "maluco beleza" a um fariseu neurótico.

Curte aí, amigão:

Um beijo cristão,

L. C. Jr.

Fonte: http://lairtoncruzjr.blogspot.com/2011/10/crisostomo-negada-burra-da-ortodoxia.html
Postar um comentário