Demagogia, olimpíadas e política brasileira...


Demagogia é a melhor descrição para algumas colocações sobre os resultados alcançados nos jogos e as comparações com o quadro sócio-econômico brasileiro. 

Há plenas condições de se realizar uma Copa do Mundo de Futebol e os Jogos Olímpicos e ser um país que administra bem seus recursos, sejam eles financeiros ou não. 

Qualquer pessoa pode ficar chateada com a perda do ouro nas olimpíadas, e ao mesmo tempo ficar indignado com a greve que dura cerca de três meses nas universidades federais no país, mas patético é querer anular uma situação com a outra. 

O maior julgamento da maior vergonha do país esta acontecendo, podemos nos informar, tecer críticas, nos posicionarmos e nos mobilizarmos para fazer algo em relação a tudo isso, e ainda assim assistirmos aos jogos vibrando com as vitórias, e nos entristecermos com as derrotas, ver o que precisamos melhorar dentro da esfera esportiva que abrange todo um leque administrativo e estrutural para se atingir uma patamar nunca antes alcançado quando os jogos forem realizados no Rio de Janeiro em 2016. 

O problema não é construir estádios, realizar Copa do Mundo e Jogos Olímpicos. 

O x da questão é acabar com a corrupção, ser honesto desde uma brincadeira até uma final de Copa ou Olimpíadas. 

Como disse o Messias: "Quem é fiel no pouco o será no muito"!

João Vicente Ferreira Neto 
Postar um comentário