É nisto que eu creio, simples assim...!



[...] Vimos que uma das críticas atribuídas à religião é a de pretender-se uma verdade exclusiva. 

É um fato, e o cristianismo não é exceção a isso. 

Mas de que se trata quando se fala de “verdade cristã”? 

O texto central é a afirmação de Jesus: “Eu sou a verdade.” 

Portanto, em oposição ao que se fez e se disse em seguida, a verdade não é o conjunto de dogmas e decisões dos concílios e dos papas, nem uma doutrina, nem mesmo a Bíblia concebida como um livro. 

A verdade é uma Pessoa! 

E não se trata de aderir a uma “doutrina cristã”, mas de confiar em uma pessoa que fala com você. 

A verdade cristã só pode ser captada, compreendida e recebida através da fé, na fé.

Por Jacques Ellul
Postar um comentário