Opinião do Cascione: O crime e os Manos



Opinião do Cascione: O crime e os Manos


Há uma Síria em chamas encravada entre o Paraná e o Rio Grande do Sul. Há um Mali, em guerra, no campo de batalha de Floripa. Há uma Palestina e um Israel entre o Oiapoque e o Chuí. Há uma trincheira, um front, uma casamata, e um Vietnã em cada esquina. Há um amazonas de sangue escorrendo nas praças e ruas deste País.

Que País é este? Nunca antes na história deste País, nem depois, nem durante, nem nunca!
As TVs colocam a palavra oficial dessa respeitável instituição chamada “Crime Organizado dos Estados Unidos das Bananas”, em grave ameaça: “a BOMBA VAI EXPLODIR!” Essa sentença foi lida pelos diplomatas e porta-vozes, dos “manos” nossos de cada dia.

Uma coisa dá pra notar: eles falam com mais convicção e determinação que os detentores do pseudo Poder Institucional.

É palavra de bandido. Mas ela tem fé pública, porque entre o que eles falam e fazem existe perfeita correspondência e inquestionável coerência.

Acho que está na hora de convocar esses manos para darem um jeito no Brasil.

Mandar, eles já mandam. Então, que mandem oficialmente. 

Se é para fazer um pacto ou acordo com os manos, então, que eles tomem o ESTADO e o administrem, recebendo, pelo trabalho, uma comissão relativa a 10 por cento das tarefas de Estado. 

E assim, com a mesma ordem e progresso do Crime Organizado, passem eles a governar e a cuidar, com seriedade, dos outros 90 por cento, em favor da Pátria e do Povo.

Como dizem os filósofos contemporâneos: UAU! 

Como dizem os pensadores da TV acadêmica: Ôrra, meu!

Como dizem os idiotimistas: use o controle remoto e mude de País.

Como balbuciam os desesperados: Que Deus nos guarde!


Fonte: http://www.vicentecascione.com.br/blog/PostTexto.aspx?idPost=123#.URwUwaVEFJJ
Postar um comentário