Ignorância, Mal de Alzheimer ou o que?!



Ignorância, Mal de Alzheimer ou o que?!

Procure na história da humanidade uma manifestação pacífica que tenha surtido efeito, provocado mudanças severas, transformações concretas na sociedade?!

Não! Não sou favorável a violência, mas este "discurso" unificado de parte da imprensa juntamente com as frentes políticas "favoráveis as manifestações sem violência", me cheira de uma hipocrisia sem precedentes, senão vejamos como parte da mídia se porta como urubu atrás de carniça em fatia considerável das reportagens; ou ainda os próprios políticos, envolvidos com tráficos de crianças, tráficos de drogas, desvios de verbas, ganhos impróprios em licitações, fraudes diversas, isto sem falar naqueles que estouraram bancos, e até mesmo gente, não é?!

Então para estas há uma causa, uma razão que justifica todos estes atos, e atualmente não?! Ou estão todos no mesmo saco, fazem parte do mesmo buraco, ou é só média com "interesses" muito mais perversos que possam imaginar "a minha vã filosofia"?!

A atitude seja lá de quem foi em relação ao jornalista que faleceu é e o sempre será reprovável em qualquer estância, em qualquer lugar e em qualquer época.

Assim como o é ser eleito para atender as demandas da sociedade e não o fazê-lo; assim como o cobrir com coerência (e isto existe no jornalismo - ou cada qual cobre de acordo com as conveniências de seus patrões? Você acha mesmo que existe jornal sério e independente no Brasil? Não estou questionando a qualidade, qualificação e competência - isso ainda encontramos, mas o Brasil é um país onde gente de qualidade, qualificada e competente se vende por muito pouco) as matérias e não fazê-lo.

Este "quebra quebra" que se sucede dia após dia em algumas capitais, por grupos que variam de 20, 30 a 1.000, 2.000 pessoas/manifestantes deixam muitas dúvidas.

São de teor político?
Se sim, de esquerda, centro, direita?
Mas há alguma diferença entre estas correntes, na prática?
São rebeldes sem causa, querendo aparecer?
Por qual razão ora a mídia, ao menos em partes, ora grupos políticos, fatias, se posicionam favoráveis as manifestações, ora contra?

A verdade única é que muita gente esta cansada do comportamento mal educado e sacana que muitos dos governantes se portam e como que em "um dia de fúria" cometem loucuras para extravasar seu descontentamento, mas como sempre os "inocentes" (se é que há algum neste país), é quem pagam a conta no fim, em alguns casos, com a própria vida, como no caso do jornalista, e tantos outros, cujos casos foram abafados pela mídia, agora vai saber a razão?!

João Vicente Ferreira Neto
1 comentário