Botafogo 2 x 0 Goiás




Botafogo 2 x 0 Goiás

Genivaldo 8,5 - Paredão, sempre seguro em jogos decisivos;

Ferreira 7,0 - Que bola para Frontini no primeiro gol. Poderia revesar com Pio algumas cobranças de faltas e escanteios. Inclusive deveria ter batido o penalty;

Magno Alves 7,0 - Raça. Muita vontade. Ganhou todas por cima e por baixo;

André Lima 7,0 - Esta óbvio que ele é o titular, e Vilar não tinha dúvidas. No fim acho que estava poupando. No final cansou, afinal estava há um bom tempo sem jogar, espero que tenha sido apenas caimbras;

Celico 6,0 - Não comprometeu. Se jogasse assim sempre evitaria muitos comentários negativos. Confesso até que o achei um tanto quanto abandonado. Toda vez ficava sozinho com o ágil e rápido Rychely. Celico hoje demonstrou muita vontade, e isto é o mínimo que a torcida pede. Sofreu penalty claro que o juiz ignorou;

Zaquel 6,0 - Gigante, polivalente. Jogou muito, também foi expulso justamente. Fará falta, porém será substituído por Hércules;

Pio 5,0 - Sinceramente? Não pela perda do penalty, mas irrita as tentativas seguidas de cobranças de falta ou escanteio sempre no primeiro pau. Irrita assistir ele batendo sempre de três dedos na bola. Fazer o simples as vezes ajuda, que o diga na jogada do segundo gol;

Doda 7,0 - Incansável, raçudo. Parte da torcida reclama que vive voltando o jogo, mas catimba, é aguerrido, sofre faltas estratégicas, se entrega e aparece quando o time precisa;

Lenílson 7,5 - Sempre cresce em jogos importantes. Cadencia o jogo, foi efetivo no segundo gol e quase fez o dele de cabeça. É sem dúvida alguma o cérebro do time;

Aidar 6,5 - Não é só correria. Faz boas jogadas. Estava devendo, mas assim como quase todo o time foi bem. Teve participação crucial no lance que originou o penalty, perdido por Pio;

Frontini 9,0 - A assombração dos esmeraldinos. O melhor em campo, não apenas pelos gols, o que já seria suficiente por demais. Mas pela movimentação. Domínio de bola, faz o pivô, prendendo dois, as vezes três defensores no miolo de zaga do adversário, além do gols ainda deu belos passes, sofreu faltas. Vilar não resta dúvidas a respeito de quem é o nosso centroavante, não é?;

Warley 4,0 - Não dá mais, nem para segundo tempo. Se enrolou com a bola, errou passes e perdeu um gol feito no rebote do penalty de Pio, com o goleiro Renan no chão, praticamente sem reação;

Izaías/Isaías 6,0 - Jogador de marcação muito técnico. Não comprometeu. No sufoco Vilar sabe que tem ele como boa opção no banco. Substituiu bem Lenílson que cansou;

Igor 5,0 - Que saudades do Mário e até do Thuram. Igor é caro, lento, despreparado, grosso, agressivo. Cometeu uma falta violenta no bom ponteiro do Goiás, o juiz e o bandeira especialmente fez vistas grossas, na sequência quase provocou um problema na partida. Se o Belo dispensar não fará falta. Ele o Walter podem ir embora e tragam de volta Mário e Thuram, mais baratos e melhores.

Vilar 8,0 - Graças a Deus atendeu as preces da torcida. Fez as modificações necessárias e urgentes antes do jogo, e no decorrer da partida fez o que lhe foi exigido. Frontini, Lenílson e André Lima tiveram que ser substituídos.

O Goiás é um grande adversário, teve muitas chances, mas parou nos inspirados Genivaldo e Magno Alves.

O penalty perdido por Pio poderá fazer falta, assim como Zaquel que foi justamente expulso.

A arbitragem inverteu algumas jogadas, se perdeu em outras, mas no geral não interferiu ou comprometeu i resultado.

A volta será no estádio da Serrinha e não no Serra Dourada.

Hércules deverá substituir Zaquel, talvez seja a única substituição.

Um gol do Belo lá poderá custar caro ao Goiás e dar a classificação ao Botinha.

João Vicente Ferreira Neto

Postar um comentário