Minas Gerais se tornou a paixão inesquecível...



Se eu não fosse paraibano e pudesse escolher um outro estado (povo, gente) para nascer/ser?

Eu escolheria Minas Gerais!

Gente eu sou filho de uma recifense com um pessoense e tenho uma caso de amor e "ódio" (é uma expressão forte e apenas usual, não condiz com a realidade) com Recife. Tenho pessoas queridas e amadas lá, e amadas mesmo. 

Mas se eu fosse escolher outro estado, este seria Minas Gerais. Gostei tanto daquele lugar, e olhe que foram breves 4 ou 5 dias em BH, Ouro Preto e Inhotim apenas, mas Minas se tornou não uma daquelas, mas a paixão inesquecível.

Não fosse suficiente tem gente que nunca vi, mas tenho identificação de alma, de ser, de texto, de gosto, mesmo com nossas diferenças. Outros conheci e me diverti bastante. Também cheguei a uma conclusão importante, em Minas só tem mulheres inteligentes, bonitas e de bom gosto, ou ao menos eu tive o privilégio de conhecer as melhores de lá. 

Povo simpático, gentil, dizem que nós somos hospitaleiros, mas eles são fantásticos, nestas horas paro para pensar que Dilma e Aécio são mineiros, e penso que nem tudo é perfeito, e que até em/de Minas pode existir ou sair coisa e/ou gente ruim, só para descontrair. Eu que não teria "qualquer" razão para gostar do Atlético (galo, mascote do Treze) ou do Cruzeiro (raposa, mascote do Campinense) - mas o Cruzeiro teve Ronaldo, que saudade do bom futebol, agora fico dividido por causa das amizades que lá ou cá fiz com mineiros. 

Sem dúvida alguma, uma das maiores alegrias da minha vida foi conhecer um pouco de Minas e conhecer alguns mineiros, gente do coração bom, talentosa, divertida, e os que bebem sempre me terão como um bom motorista. Eu sou feliz por ter conhecido Minas e os mineiros, mas nem assim votarei na Dilma ou no Aécio. Desculpa aí gente, Minas é maravilhosa e vocês são demais, mas nem tudo é perfeito!


João Vicente Ferreira Neto


Postar um comentário