Que a democracia de fato prevaleça...



Gente eu até hoje gosto do Lula. 

E sei que tem gente que fica louca ao ler isto aqui. "Poxa Neto, se você um cara tão esclarecido consegue gostar de um corrupto daquele, então não há mais esperança mesmo para o país". 

Vejam só. Gosto do Lula por muitas razões, sem ignorar o episódio clássico do mensalão e de outros escândalos, os quais, não acredito na história de que ele não sabia de nada. 

Todavia, gostar de uma pessoa e admirar ela não implica em concordar com tudo, com seus erros e equívocos, em especial, mas não preciso desmoralizar ela, entenderam? 

Por esta razão respeito a Dilma, mesmo não tendo por ela a admiração que tenho pelo Lula, seja pelo que aprendi desde criança dentro de casa até o que vimos também de bom e positivo no governo dele. 

Daí alguns colegas, de modo muito sutil, não respeitam o meu direito de expressar e fazer campanha pró Marina Silva, que se vocês se recordarem fiz antes dela ser anunciada em 2010 como uma voz solitária, se quiserem podem voltar alguns anos aqui mesmo no blog que esta reativado desde 2008, e você confirmará a veracidade do que afirmo.

Eu digo sem melindres e com todo sinceridade que se vocês estão incomodados com o Walter Feldman, pergunto o que ou quem é ele diante do Collor, Sarney, Calheiros, Maluf, entre outros? 

Então gente, vamos manter a boa amizade. Apresentarmos o que é bom do governo Dilma, pois de fantasmas cada qual tem o seu, inclusive o Aécio. 

Se a Marina "usa" o Eduardo, a Dilma o faz com o Lula, e o Aécio com o FHC. 

Eu reitero que em política não há santos, então vamos parar com esta falácia, como se a Marina agora fosse a grande bandida e os demais a referência de ética e moral neste país. 

Até o Aécio que alguns chamam de cheirador tem o meu respeito, até porque se você tem um amigo cheirador, como ele se sente ao saber que você abomina um? 

E a Dilma tem o meu respeito não é por ser a presidente(a) ou ter a sombra do Lula, mas porque como ser humana que comete erros e equívocos, mas também tem suas virtudes, merece o respeito de todos. 

Que a democracia de fato prevaleça e que o "melhor" vença. 


João Vicente Ferreira Neto
Postar um comentário