Felizes para sempre?



A minissérie Felizes para Sempre?

É Releitura da minissérie Quem Ama Não Mata de Euclydes Marinho. que teve a "generosa" contribuição do aclamado diretor Fernando Meirelles. 

O primeiro capítulo pode ter chamado a atenção pela forma escultura da limitadíssima atriz Paola Oliveira (ela pode atender as expectativas físicas do gênero masculino, mas como atriz é uma negação, ironia ou não, talvez esteja tendo a sua "melhor" atuação justamente no papel atual). 

Mas o fato é que a minissérie é uma denúncia que deixa tanto o romantismo como o idealismo de lado e mostra uma realidade nua e crua que acontece pelo país seja nos negócios ou nas famílias. 

Traição chega a ser o de menos grave como denúncia. Nada é mais apavorante que elementos como cinismo/sarcasmo, mentira/indiferença, luxúria/vaidade, preconceito/exclusão.

João Vicente Ferreira Neto
Postar um comentário