Contrato de Professores - Ano 1923




Não se trata apenas de um contrato com exigências profissionais, mas reitera o conceito de dominação e autoritarismo de um ser em condição superior a outro em condição inferior, e o mais agravante aqui é que não se trata meramente de patrão sobre funcionário, mas do homem sobre a mulher da forma mais degradante possível, vejam que as "pessoas de bem" são oriundas de tempos longínquos.

A privação de liberdade, uma coisa simples como tomar um sorvete era condenado.

A mentalidade que perdura em alguns representantes no congresso e em alguns charlatões da fé é mesma ou pior que aquela dos proprietários de instituições de ensino no ano de 1923.

Outros textos para leituras:


Os Controles sobre a Educação. Um Contrato.

É proibido Professora casar, andar com homens, por sorveterias, fumar e beber, diz contrato de 1923

CONTRATOS DE TRABALHO APRESENTADO EM AULA, PARA DISCUSSÃO E COMPARAÇÃO
Postar um comentário