Eduardo Cunha x Governo

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/files/2015/01/dilma-e-cunha.jpg


Eduardo Cunha x Governo


01. Há algum tempo que ele é oposição (bem antes do anúncio oficial de hoje);

02. Não se sabe ao certo se a ruptura se deu justamente por causa das acusações que ele sofreu (falo da ruptura não oficial);

03. Ficou evidente que as acusações que ele sofreu sobre os supostos R$ 5 milhões anteontem foi a razão pela qual ele rompeu (hoje) oficialmente;

04. Importante lembrar que mesmo sendo presidente da câmara ele não responde por seu partido (PMDB);

05. Se o PMDB continuará situação ou se tornará oposição só será decidido em reunião do próprio partido (embora a maioria dos parlamentares do partido, especialmente na câmara votem sempre com Cunha contra o governo);

06. Cunha pode sofrer uma enorme pressão para se afastar da presidência da câmara (tanto por seu partido, quanto pelos demais partidos) enquanto tiver seu nome diretamente ligado aos escândalos da Lava Jato como atualmente;

07. O ministério público pode e deve abrir investigações a respeito das acusações, pode e deve demorar, e a casa pode e deve cair para Cunha, mas certamente ele vai atirar para todos os lados, salve-se quem puder;

08. Algo me diz que a ruptura PT x PMDB pode ser ótima para o país, e inclusive para ambos os partidos;

09. O PSDB assiste tudo de camarote na torcida que ambos (PT x PMDB) se agridam até que ambos padeçam, e enquanto isso vão trilhando friamente o retorno ao palácio do planalto;

João Vicente Ferreira Neto
Postar um comentário