Rede: Sustentabilidade? Ou seria de Esgoto, de Mentiras e de Canalhas?!

http://paduacampos.com.br/2012/wp-content/uploads/2013/10/image-620x300.jpg


Rede: Sustentabilidade? Ou seria de Esgoto, de Mentiras e de Canalhas?!




Gente anuncio oficialmente minha desfiliação do partido!

Ou seria quadrilha?!

A rede que aí está não é da sustentabilidade, mas de esgoto, de mentiras e canalhas.

Gente mal intencionada que gosta de usar a Bíblia, expressões como "homens de bens" e nova política, mesmo quando já rodaram em diversos partidos e nunca se encontraram sequer como indivíduos, imaginem como seres políticos?!

Um dia o que veio a ser rede me fez sonhar, hoje só me dá pesadelo, e antes que matem meus sonhos, quebro estas algemas de perversidades que me aprisionam.

Temos uma nacional omissa, de postura dúbia e parcial que ratifica o que apenas um porta voz lhes passam, desrespeitando o que dizem defender, como a igualdade de gêneros. 

Se fosse para estar em uma tribo regido e segmentado por um cacique eu procuraria o colega José Wagner (presidente do museu do índio no centro aqui de João Pessoa ) que melhor que ninguém me indicaria qual tribo seguir. 

Mas as decisões tomadas aqui na PB são parciais, arbitrárias, vide quando o representante da nacional Roberto Leandro disse abertamente na convenção estadual do partido que o estatuto nacional da Rede é um copiar colou do estatuto do Partido dos trabalhadores, isto é mais grave que rasgar o próprio o estatuto, é a mesma deslealdade ou prática corrupta cometida pelo PSB em âmbito nacional nas eleições presidenciais passadas (2014) quando copiaram o programa de governo que defendiam, de uma tese de graduação de uma estudante de ciências políticas da USP. 

Vocês não sabiam disso? 

Fizemos uma convenção estadual baseada em que? 

Já que o estatuto não tem validade!

Que fosse realizada após a revisão estatutária. 

Agora, como convêm , após 25 pessoas do GT de JP assinarem um documento que leram, encaminharam e fora aceito pela executiva que inclusive datou o dia 29/11 como o dia da formalização do coletivo de João Pessoa, um membro que inclusive assinou o requerimento de criação do coletivo, insere a solicitação da adiamento do coletivo alegando a necessidade de organização. 

Imaginem em relação a um diretório e executiva estadual? 

E como se organizar senão a partir da evolução GT a Coletivo e depois Elo que se dará na convenção municipal antes do congresso nacional datado para março de 2016?!

Não bastasse, eu que desde 2010 defendi a candidatura da Marina Silva ainda pelo PV, depois em 2014 após a morte de Eduardo Campos, pelo PSB, que por todas as Redes Sociais militei e defendi, indo inclusive as ruas e onde estivesse propagando a Rede Sustentabilidade antes dela ser Rede, ainda com os sonháticos, movimento Marina Silva, entre outros, fui acusado de ser um novato que desconhece o movimento, ironicamente por gente que nada tem a ver com Rede ou com aquilo que ela tem como bandeira e valores.

Aos que ficam que se labuzem com o lamaçal que se tornou tal rede, que de sustentável pouco ou nada mais tem, mas de esgoto, mentiras e canalhice tem muito!

João Vicente Ferreira Neto
Postar um comentário