Sobre "Bela, recatada e do lar"...




Amando a quantidade de mulheres "belas, recatadas e do lar" que estão indignadas com toda razão com esta matéria escusa, preconceituosa, hostil, reprovável e digna de toda crítica e repúdio que a revista VEJA que bem poderíamos chamar de CEGA fez, não sobre a Marcela Temer, mas sobre as mulheres. 

Esta sutileza proposital que é asquerosa por parte desta revista que é um nojo de informação merece todo tipo de crítica, repúdio e denúncia!

A Marcela Temer pode fazer o que quiser gente, ela pode ser inclusive bela, recatada e do lar se assim o quiser, o problema não é a escolha dela, a MERDA é a VEJA (CEGA) querer vender (impor) uma ideia tão absurda como esta. 

Usando a imagem da mulher em detrimento das aspirações do homem, este erro grotesco e histórico de usar e diminuir as mulheres para dar evidência aos homens. 

Nessa a VEJA (CEGA) cometeu uma cagada ainda maior e mais grave em relação às outras matérias absurdas que são típicas da revista!

Como li no perfil de uma amiga as mulheres podem ser do lar, do mar, do bar, do que elas quiserem e como quiserem, agora lascou a revista querer induzir as pessoas que há um padrão de comportamento e um grupo de pessoas que são boas ou más por conta das regras que a revista defende.

João Vicente Ferreira Neto
Postar um comentário